Banner
Banner
Banner
Ao Vivo | Programa | Revista | Resultados | COMO E ONDE APOSTAR
Próxima Reunião: Sexta 21/12/18
Espaço Pergunte para a Comissão de Corridas
Noticias
Seg, 17 de Setembro de 2018 11:19

Neste espaço a Comissão de Corridas responderá dúvidas de profissionais do turfe, proprietários e apostadores sobre o Código Nacional de Corridas e a organização dos páreos. Encaminhe a sua pergunta para o endereço de email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

P – Os páreos de claiming para produtos de três anos sem vitória (categoria “A”) são uma novidade na programação do JCRGS?

R – São uma novidade, mas não despertaram o interesse de proprietários e treinadores nos meses de agosto e setembro. No próximo dia 28 de setembro está mais uma vez chamado. Apenas cavalos que estejam alojados na Vila Hípica há mais de 60 dias têm direito e a chamada é sempre para o três anos sem vitória (machos e fêmeas). O ganhador perde o direito a este páreo, mas a vitória não conta para a enturmação normal, podendo correr no sem vitória após o triunfo neste páreo de claiming. O valor de venda é de R$ 3.300,00, e em caso de desconto terá descarga no peso. A CC também desburocratizou o processo de autorização para a inscrição em páreos de claiming (em todos eles), bastando uma mensagem por email do proprietário autorizando permanentemente o treinador a inscrever em páreos de claiming.

P – Os páreos intermediários tem sido frequentemente formados. Tem alguma novidade nestes páreos?

R – Estes páreos que reúnem cavalos que nas últimas três vezes que correram na turma (páreo na ligação, salvo exceção contida no regulamento, não conta) chegaram abaixo da terceira colocação têm sido frequentemente formados com pesos de handicap. Como as vitórias nestes páreos contam para enturmação notamos que os cavalos que vencem caso não permaneçam correndo estas provas ficam desenturmados. Assim, a partir de outubro, eles serão opcionais claiming. A opção pelo claiming, no valor único de R$ 3.000,00, garante, em caso de eventual vitória, que a mesma não será computada para fins de enturmação. Não sendo feita a opção pelo claiming a vitória será contada.

P – Quando um cavalo que desvia de linha é desclassificado?

R – Desde o momento da partida os jóqueis são obrigados a conduzir os cavalos de modo a não embaraçarem a livre ação dos demais competidores (art. 140 do CNC). Na reta de chegada, a obrigação é de conduzir os cavalos na mesma linha em que tiverem entrado, somente podendo mudar para ultrapassar competidor a sua frente sem embaraçar a ação de outro competidor (art. 143 do CNC). Quando for obtida colocação com embaraço a ação de adversário, o cavalo poderá ser desclassificado. Este embaraço pode ser resultante de movimento espontâneo, de partido ilícito do jóquei ou de imperícia deste. A desclassificação ocorrerá se do embaraço, direta ou indiretamente, advenha alteração no resultado do páreo. Este último componente tem natureza subjetiva, por esta razão o importante é que a CC tenha uma linha de conduta conhecida e dela não se afaste (art. 159 do CNC).

Existem situações em que os topoi padrão são percebidos pela grande maioria e a constatação da possível alteração ou não do resultado do páreo salta aos olhos até do observador menos avisado. Em outras circunstâncias não há certeza de que sem o prejuízo o resultado seria outro. A atual CC é rigorosa com o delito de raia. Assim, em situações em que existe dúvida quanto a alteração ou não do resultado, a decisão da CC do JCRGS dependerá do exame da circunstância fática. Se o prejuízo foi decorrente de partido ilícito do jóquei (deliberadamente mudou de linha para atacar o adversário que vinha avançando) o cavalo será desclassificado; de outra banda, se a origem for um movimento espontâneo, o páreo será confirmado na ordem de chegada. Este critério, baseado na intransigência com o delito de raia, foi comunicado aos jóqueis e treinadores no início de julho e tem pautado as decisões da comissão. A título elucidativo lembramos alguns precedentes: de desclassificação - páreos 56 (E.D’Anafer/P.Kowboy)https://youtu.be/YGLZ53xjDbA e 100 (E.Ink/Édemaca);https://youtu.be/3Lyt_mPoy7Y de confirmação - páreo 95 (Zé Charmoso/Heidrun)https://youtu.be/Y1GoHeCPUlI.

Compartilhe

e-max.it: your social media marketing partner
 

JCRGS TV