Banner
Banner
Banner
Ao Vivo | Programa | Revista | Resultados | COMO E ONDE APOSTAR
Próxima Reunião: SEXTA-FEIRA 15/02/19
HIPÓDROMO DE SAN ISIDRO – 5/10 CLÁSICO PROGRESO-G3 NO JOCKEY CLUB: SOY CARAMBOLO (VAL ROYAL) PELLEGRINI À VISTA
Turfe pelo Mundo
Seg, 08 de Outubro de 2012 10:13

CLÁSICO PROGRESO-G3 NO JOCKEY CLUB: SOY CARAMBOLO (VAL ROYAL) PELLEGRINI À VISTA

 

Após impor condições no Clásico Progreso-G3 ($153.000/2400m) o melhor fundista argentino da atualidade, o crédito do Haras Polo, filho do reprodutor francês Val Royal (Royal Academy), visualiza com prudente antecedência as 24 quadras do Gran Premio Internacional Carlos Pellegrini que será disputado no dia 15 de dezembro próximo. Soy Carambolo ao lado de Expressive Halo (Halo Sunshine) – que vai buscar o bicampeonato da prova - formam uma dupla poderosa de representantes do turfe argentino, retrospecto não lhes faltam para postular o pódio máximo na principal competição do continente sul americano.

Na primeira prova  preparatória ao Pellegrini o Clásico Progreso, disputado no circo sanisidense na jornada de sexta-feira passada (5/10) Soy Carambolo, com o excelente piloto “Juan “Chupino” Noriega em seu comando, derrotou o clássico Lake’s Wood (Catcher In The Rye) com impositivos três corpos de vantagem, exibindo impecável  desempnho advindo do momento de afirmação em que passa o castanho de cinco anos, cofirmando suas últimas atuações (3º no prestigioso Chacabuco-G2 e vitória no Casares-G3).

O tramite da  estrelar desde o vamos seguiu as características de seus principais protagonistas na primeira metade do percurso com Storm Rancher (Bernstein) na vanguarda escoltado por seu irmão paterno Storm Marsh, distantes vários largos do segundo lote. Na frente deste bloco viajava protegido pela cerca interna Soy Carambolo, registrou os privados dos ponteiros. Em plena linha direta final, taxiando com “Chupino” Noriega, Soy Carambolo buscou a pista certa e entrou em rota de decolagem, com Lake’s Wood progredindo pelos paus e mais aberta Siembra Azul - filha de El Sembrador, conhecido dos turfistas brasileiros  por sua vitória no GP Brasil/1995 - com Jorge Ricardo “up”, contundo, com o rodado recolhido Soy Carambolo concluiu a segura decolagem. Percorrendo os 2,400 metros na pista de relva normal em 2’25”66 com parciais de 23”56, 47”67, 1’14”48 e 1’36”78, vencendo com 3 corpos de vantagem sobre Lake’s Wood, em terceiro a cabeça,  Siembra Azul e completou o quarteto a 2 ½ corpos Dubai Next (Easing Along).

Soy Carambolo recebe treinamento do campeoníssimo Roberto “Pelle” Pellegatta, procede de Val Royal (Royal Academy) em égua argentina La Carambola (More Light). Seu turfe recorde registra 20 exibições, com oito impactos (dois graduados, clássicos Vicente L. Casares-G3 e Progreso-G3) e oito figurações (2° no Porteño-G3, 3° no Chacabuco-G2 e 4ª colocação no Gran Premio 25 De Mayo-G1).

Mário Rozano

Foto: Ariel Fitzsimons

Compartilhe

e-max.it: your social media marketing partner
 

JCRGS TV